Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Tem que ser correspondido?

“Quando a gente ama, às vezes, é preciso saber dizer ‘até logo’”.
Para ser amor verdadeiro... Tem que ser correspondido? Às vezes eu sinto que eu amo aquele rapaz, mas ele ama outra mulher agora. Isso quer dizer que não é amor verdadeiro? Que não serve, não ‘vale’...? Às vezes eu sinto como se não fosse amar mais ninguém. Outras vezes eu penso que na verdade não foi ‘tudo isso’ (foi muito, mas não tudo) e penso quão bom seria amar novamente, sentir aquele frio na barriga no primeiro encontro, criar expectativas, ensaiar falas e chegar na hora, fazer tudo diferente.
Também penso no que ele poderia estar pensando em todas as vezes que me viu. Nas vezes que me ligou e, nas mensagens de fim de tarde, perguntando como foi meu dia. Não, eu não me vejo como substituta, ‘tapa buraco’, quebra galho, ou o que quer que seja que vocês prefiram dizer. Eu acredito, do fundo do meu coração, que em cada encontro, em cada ligação, cada mensagem... Ele estava lá. Ele tentou, do jeito dele, mas tentou. E…

Eu vivi

As coisas gritam na minha mente e eu simplesmente tento fugir, tampo os ouvidos para não escutar, finjo que não sei. Namorar... Só namora quem diz que namora? Quem ajoelha e pede ao amado? Quem usa aliança e troca o status no facebook? Quem determinou isso? Só existe sentimento se passar de certo tempo junto... Quem disse isso? Há tanta gente a mais de 10 anos juntos e não sente nada, há tanta gente gritando ao mundo o relacionamento que tem, mas não passa de uma ilusão. Eu não ‘namorei’, eu não passei anos junto, não usei aliança, não troquei status do facebook, não apresentei aos meus pais, mas eu vivi... E nada no mundo substitui esses momentos. Momentos que eu realmente vivi, senti. Momentos que nem o tempo pode me dar. E quem é que vai dizer que estou errada, que estou iludida e que vou me decepcionar? Ninguém sabe o que se passa aqui dentro, nem o que se passou. Quem acha que sabe, vê as coisas através da própria vivencia, e o que o outro viveu não é o que eu vivi, e vice versa.…

Eu sou cafajeste

Eu admito, cafajeste eu sou. Sou cafajeste porque não quero só um, quero todos. Queria todos em um só, mas não cabe. Mas todos de uma vez são demais para mim. Eu quero todos, um agora, outro depois e depois e outro. Não quero compromisso. Quero conhecer o mundo e quero que o mundo saiba que cara eu tenho, que gosto eu tenho, que cheiro eu tenho. Qual a minha textura, minha cor, o meu tamanho. Quero conhecer diversos corações, quero ouvir muitas histórias, quero ir mas poder voltar. Quero voltar sem ter que dar certeza de que vou ficar. Quero sair por ai, quando der vontade. Quero mandar mensagem de madrugada e quero ser respondida. Não quero uma, quero várias, quero muitas. Queria receber flores. Mas não só uma flor, quero várias. Várias cores, vários tipos, vários aromas, de várias floriculturas, de vários campos. Quero poder escolher. Quero sair para dançar e ser recebida pela manhã. Eu quero. Quero. Quero demais. Demais eu quero e quero querer sempre. Sou cafajeste e ass…

Feliz aniversário

Faça um desejo...        

É, meu príncipe, feliz aniversário... Sei que isso significa que você está ficando mais velho hoje e que sua idade é quase um ponto fraco. Lamento informar, mas seus cabelos brancos já estavam começando a aparecer. ‘Talvez o cartão não chegue a tempo’, talvez o endereço esteja errado. Não vou poder fazer o jantar a luz de velas que eu imaginei para esse dia especial, nem comprar aquela blusa, que a foto você compartilhou no seu facebook. Dessa vez, não vai ter uma caixa cheia de bombons para você. Sem pétalas de rosas ou coisas do tipo... Sei que o romântico clichê não faz o seu tipo, mas sei também que você iria rir da minha tentativa. E depois me abraçar e me beijar como sempre faz, envolvidos por um “obrigado” sussurrado ao pé do ouvido, e mais beijos... Já se faz tarde, né príncipe? Mas eu sei que seus aniversários não param no 36, e tem muito mais por ai. Eu não me importo de não estar com você em alguns deles. Você também não este nos meus, mas quando es…